Em todos os anos, florescem nenúfares na lagoa de Takara do Jardim de Jyoudo no ‘Okunoin’ do Templo de Taima. O nenúfar significa  em japonês, o ‘lótus que dorme’ porque a sua flor fecha à noite e se abre pela manhã, forma semelhante à do lótus. Dizem-que antigamente, quando uma princesa, chamada Chuujou-hime, mergulhou no poço artesiano os fios feitos de hastes de lótus, esses fios se coloriram em 5 cores imediatamente, e foi a ‘Taima-Mandala’ que a princesa teceu numa só noite com esses fios.

 

Período: Junho – Julho

Local: ‘Okunoin’ do Templo de Taima e outros